sábado, 15 de novembro de 2014

G#21

Por vezes coibo-me de aqui partilhar alguma música dada a natureza mais pesada de muito do meu gosto musical (eu sei que não há restrições, mas eventualmente acontece). Mas acredito que acabamos por ter sensações semelhantes, independentemente do estilo com que foram catalogadas as ondas sonoras da nossa preferência.

Este som em particular tem a capacidade de despertar sensações em mim que poucas coisas na vida conseguem. Ao longo dos 7 minutos vou preparando a mente para o que aí vem. A explosão perto do final ataca os meus sentidos de tal forma que sorrio, tremo, choro.

Afinal é disto que se trata. Explosions in our mind. :)




Talvez um dia leia Don Quixote e compreenda melhor esta torrente de sensações. :)

2 comentários:

Marco Correia disse...

I know the feeling!
Então eu que oiço tudo num espectro que vai do alternative rock, indie, passando pelos post-rock/metal/punk e acabando nos thrash/progressive/gothic/melodic death metal... jasus!

BTW, malhas destas são sempre bem vindas.

Fura disse...

Não te coíbas, por favor. Partilha, estamos "aqui" para que não te sintas sozinho. É mesmo disto que se trata. Porque seria uma seca se "as nossas" músicas fossem as mesmas.